Os Lusíadas

Luís Vaz de Camões
A maior obra épica portuguesa completa e com todos os seus cantos. Podem-se assim referênciar estrofes únicas.

Canto IX

31/95
Nas frágoas imortais, onde forjavam
Para as setas as pontas penetrantes,
Por lenha corações ardendo estavam,
Vivas entranhas ainda palpitantes.
As águas onde os ferros temperavam,
Lágrimas são de míseros amantes;
A viva f lama, o nunca morto lume,
Desejo é só que queima, e não consume.
  •  


 

blog comments powered by Disqus

Junta-te!
Ainda não tens personagem ?!

Todos os
Nomes Portugueses

"Os Lusíadas" de Luís Vaz de Camões
O estudo desta grande epopeia portuguesa é obrigatória no secundário em Portugal e no Brasil.

Contacto| Deseja patrocinar oslusiadas.org ? Envie-nos um email!