Os Lusíadas

Luís Vaz de Camões
A maior obra épica portuguesa completa e com todos os seus cantos. Podem-se assim referênciar estrofes únicas.

Canto III

76/143
"E com esta vitória cobiçoso,
Já não descansa o moço até que veja
Outro estrago como este, temeroso,
No Bárbaro que tem cercado Beja.
Não tarda muito o Príncipe ditoso
Sem ver o fim daquilo que deseja.
Assim estragado o Mouro, na vingança
De tantas perdas põe sua esperança.
  •  


 

blog comments powered by Disqus

Junta-te!
Ainda não tens personagem ?!

Todos os
Nomes Portugueses

"Os Lusíadas" de Luís Vaz de Camões
O estudo desta grande epopeia portuguesa é obrigatória no secundário em Portugal e no Brasil.

Contacto| Deseja patrocinar oslusiadas.org ? Envie-nos um email!